Mais de 30 mil clientes contemplados!

CENTRAL DE ATENDIMENTO

Seg.a Sex. 8 à 18h | Sab. 8h à 12h

LIGUE 0800 095 6702

Dúvidas Frequentes





Como funciona o consórcio?

Consórcio é uma reunião de pessoas físicas e/ou jurídicas, em grupo fechado, promovido por uma Empresa administradora, com a finalidade de propiciar aos seus integrantes a aquisição de bem ou conjunto de bens por meio de autofinanciamento. A contemplação acontece através de duas formas distintas: sorteio e lance. No sorteio, um dos consorciados é contemplado através do número de sua cota pelos resultados da loteria federal, e no lance os consorciados informam quantias (valores) a serem pagos antecipadamente para conseguir o crédito. O consorciado que tiver o maior percentual de lance ofertado conquista o crédito devido para a aquisição do bem e os demais que ofertaram o lance e não forem contemplados não precisam efetuar o pagamento do lance podendo ofertar o lance novamente na assembleia do mês seguinte.
 

Por que o consórcio é formado por grupos?

O grupo é uma sociedade formada por clientes com um objetivo em comum, onde os participantes contribuem pagando a parcela mensalmente e concorrem às contemplações que ocorrem na Assembleia Geral Ordinária que são realizadas uma vez a cada mês. O cliente concorre em condições iguais ao direito de utilizar seu crédito para a aquisição do bem. O objetivo do grupo é garantir, por meio de autofinanciamento, os valores necessários para contemplação dos consorciados.
 

Quem regulamenta e fiscaliza o sistema de consórcio no Brasil?

O Sistema de Consórcios é regulamentado e fiscalizado pelo Banco Central do Brasil.
 

Quem pode administrar um grupo de consórcio?

A administradora é uma empresa autorizada pelo Banco Central - órgão responsável pela regulamentação do setor. Para ter certeza de que está investindo seu dinheiro com segurança, lembre-se de que só podem administrar grupos de consórcios as empresas que possuem esta autorização.
 

O que é Assembleia Geral Ordinária?

É a reunião mensal dos participantes do grupo para realização da contemplação (sorteio e lance), atendimento dos consorciados e esclarecimentos gerais. As assembleias do Consórcio Zema são realizadas no terceiro sábado de cada mês.
 

O que é Fundo Comum?

Este valor é destinado à aquisição dos bens do grupo e é obtido dividindo-se o valor do bem objeto do plano (valor crédito) pelo número de meses do plano de consórcio.
 

O que é Fundo de Reserva?

São recursos recolhidos, mensalmente, pelos consorciados em favor do grupo para uma eventual insuficiência de receita, de forma a permitir a distribuição por sorteio ou lance de, no mínimo, um (1) bem. Na maioria dos grupos, atualmente, o fundo de reserva é destinado para a cobertura do Seguro de Quebra de Garantia, que tem o objetivo de cobrir inadimplências, garantindo assim, a saúde financeira do grupo.
 

O que é Taxa de Administração?

A taxa de administração corresponde à remuneração da Administradora pela formação, organização e administração do grupo de consórcio. Esta taxa é dividida pelo prazo de duração do grupo, ou seja, é diluída nas parcelas mensais.
 

O que é Cota?

Representa a participação individual de cada cliente em um grupo de consórcio. É identificada por um número fornecido pela Administradora, aleatoriamente, até a data da primeira assembleia do seu grupo.
 

Posso fazer antecipação de pagamento de parcelas?

Sim. O consorciado pode antecipar o pagamento de quantas parcelas desejar e a qualquer momento, através dos canais de atendimento disponíveis. A antecipação amortizará parcelas na ordem inversa dos vencimentos, isto é, das últimas para as primeiras. A antecipação não será considerada como lance e não garantirá a contemplação do cliente.
 

Posso utilizar o meu FGTS no plano de Consórcio para imóveis?

A utilização do FGTS é autorizada pela Caixa Econômica Federal para pagamento de lance em consórcio de imóveis, bem como para complementação do valor do crédito, desde que observadas as condições abaixo (conforme circular 249 da CEF):
- utilização exclusiva para aquisição de imóvel residencial, urbano, concluído, para moradia própria do trabalhador;
- o trabalhador deve ter, no mínimo 3 anos de trabalho sob o regime do FGTS (consecutivos ou não);
- o trabalhador não seja proprietário ou promitente de outro imóvel residencial concluído ou em construção, na mesma localidade onde pretende adquirir, no atual município de residência ou no município onde exerce sua ocupação principal, incluindo seus limites integrantes da mesma Região Metropolitana. Os detalhes do procedimento serão fornecidos por nossa filial no momento da contemplação.

 

Encontre o consultor mais perto de você!

Mais de 380 lojas Zema e mais de 5000 colaboradores para auxiliar você na realização dos seus sonhos. Clique e encontre

Realize seu sonho com o Consórcio Zema.

More em sua casa

Novo plano de imóveis para 160 meses, é a chance que você esperava.
Conheça

Tenha seu carro

Novo plano de carros para 60 meses, é a chance que você esperava.
Conheça

Tenha sua moto

Novo plano de motos para 50 meses, é a chance que você esperava.
Conheça

Decore sua casa

Novo plano de móveis para 36 meses, é a chance que você esperava.
Conheça